NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

[7]

Os 5 carros que menos vendem por mês no Brasil

Por Julio Benck
 
Se um critério que ajuda a escolher que carro comprar é saber quais são os líderes de emplacamentos, por outro lado saber os carros que menos vendem também pode ser útil.

Num mercado difícil como o automotivo, principalmente o brasileiro, alguns modelos simplesmente empacam nas concessionárias. Os motivos para serem pouco vendidos variam de preços altos à concorrência com modelos superiores.

Carros que menos vendem: os 5 “empacados”

Saiba agora quais são os recordistas negativos de vendas e as razões que os levaram a encalhar.
1. JAC J6

Num segmento já difícil pela avassaladora concorrência dos SUVs, o JAC J6 destacou-se por ser a minivan menos vendida em 2016. Não é para menos, afinal ela concorre com a ótima minivan Chevrolet Spin, que concentra nada menos do que 98% das vendas da categoria.

Nem adiantou ter uma versão única com motor 2.0 para fazer frente, uma vez que todas as versões da Spin são equipadas com motor 1.8. E olha que a J6 leva vantagem na potência (160cv contra 108 da Spin), torque (20,6 kgf.m contra 17,1 kgf.m a etanol) e tamanho do porta malas (198 litros contra 162), mas nada que abale a força da GM no mercado brasileiro.

O resultado é que foram vendidas apenas 58 unidades ano passado e 25 em 2017, mesmo custando o mesmo preço da versão de entrada da Spin.

2. Volkswagen Touareg

Caro, muito caro. Assim se pode começar a explicar o porquê de um SUV ser um dos carros que menos vendem, já que a categoria é a que mais cresceu em vendas em 2016.

O preço salgadíssimo de R$ 337.330,00 da versão de entrada é sem dúvida um obstáculo para que a Touareg torne-se um carro bom de venda. Não adianta nem ser equipada com tração integral e câmbio automático de 8 marchas, pois o belo e imponente Jaguar F-Pace top de linha faz uma sombra difícil de se livrar.

Com tais fatores pesando contra, a Touareg vendeu só 15 carros no primeiro semestre de 2017.

3. Mercedes Benz Classe B

A vida dos monocabs não é nada fácil no Brasil e prova disso é o fraquíssimo desempenho comercial da Mercedes Benz Classe B. Com minguadas 156 unidades vendidas ao longo de todo ano de 2016, ela é outra concorrente que busca um improvável lugar ao Sol tendo como concorrente o Honda Fit.

Seu preço de R$ 155.900 não chega a assustar, mas diante do avanço dos SUVs no mercado nacional, fica difícil acreditar numa recuperação para carros do tipo monocab, que têm no Honda Fit seu campeão de vendas e defensor da honra da categoria.

4. Toyota Camry

Já na categoria de sedãs grandes, que já vendem pouco por serem destinados a um seleto grupo de motoristas com maior poder aquisitivo e um perfil mais maduro, o Camry é um dos que amargam má performance comercial.

Comercializado em versão única, custa R$ 204.990,00 e tem como concorrentes carros como o Mercedes Benz C 300 e o Audi A4. Para piorar o cenário atual, uma nova geração acaba de ser lançada nos Estados Unidos (onde vende bem), sem previsão de lançamento por aqui.

O resultado é que míseras 14 unidades foram vendidas desde o início do ano.

5. Honda Accord

E se o assunto é sedã grande, um dos que melhor ilustram as vendas pouco expressivas de toda a categoria é o luxuoso Honda Accord.

Mesmo com a renovação promovida no ano passado, ficou difícil um incremento nas vendas, já que ele sai a salgados R$ 162.500,00. Embora seja de uma categoria diferente, temos aí o Toyota Corolla, um sedã médio que é muito mais barato e pelo custo benefício representa uma aquisição mais vantajosa, embora seja menos carro.

Para piorar o quadro, a Honda convocou para recall os proprietários de 55 unidades do sedã, em que foram detectadas falhas no sensor de bateria. Em 2017, foram vendidas somente 24 unidades do Honda Accord. Definitivamente, esse tinha que estar entre os carros que menos vendem no país.
Os 5 carros que menos vendem por mês no Brasil Os 5 carros que menos vendem por mês no Brasil Reviewed by Via Certa Natal Trânsito on julho 25, 2017 Rating: 5

Sora Templates