NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

[7]

6 mitos sobre pneus de carros explicados e desvendados

Por Julio Benck

6 mitos sobre pneus de carros explicados e desvendados

Se tem um conjunto de componentes de um carro sempre envolto em mitos é o de pneus. Acredita-se em todo tipo de informação, algumas informações até fazem sentido, ou fizeram no passado. Já outras, não passando de pura crendice. Pensando em você, que tem dúvidas sobre o que é verdadeiro e o que é falso quando o assunto é pneus, destacamos 6 mitos para explicar e desvendar.

Mito 1. Posso usar pneus de marcas diferentes que não faz diferença

Pneus são projetados para conferir uniformidade no que diz respeito à aderência e na tração que exercem. Quando há diferenças entre pelo menos dois deles há perdas consideráveis nesses quesitos, além de pneus diferentes apresentaram desgaste desigual.

Até que quando são usados num mesmo eixo, o problema é minimizado, mas em se tratando de veículos com tração nas 4 rodas, tal uso deve ser evitado a todo custo.

Portanto, na dúvida, ao trocar os pneus, prefira utilizar sempre os de mesma marca.

Mito 2. Se for trocar apenas dois pneus, deve-se dar preferência aos traseiros

Quando há a necessidade de trocar apenas dois pneus, o que é possível, dado o desgaste nem sempre ser igual para os quatro, deve-se deixar os pneus mais novos no eixo traseiro.

Trata-se de uma medida de segurança, afinal, caso o veículo derrape ou venha a perder o controle, será possível manobrar a frente do carro mesmo que os pneus do eixo frontal estejam mais desgastados.

O mesmo já não acontecerá se os pneus traseiros estiverem com sua estrutura mais desgastada, já que, nesse caso, o risco de perda de controle será bem maior.

Mito 3. Pneus verdes são ecologicamente responsáveis, mas ruins ao frear

No início, os pneus verdes eram produzidos com materiais que tornavam mais difícil a frenagem em piso seco. Hoje esta realidade mudou, já que em sua composição entra a sílica, responsável por garantir melhor performance na hora de reduzir a velocidade.

Além disso, é claro que os pneus verdes continuam sendo uma forma de minimizar as emissões de gases poluentes na atmosfera. Isso porque, com eles, o consumo de combustível é reduzido em até 20% e a emissão de CO2 diminui em até 15%.

Mito 4. Pneus Run Flat são mais sensíveis e ainda são mais duros

Se você mal sabe o que é um pneu Run Flat, basta dizer que esse tipo de pneu suporta rodar longas distâncias mesmo avariado.

É possível percorrer até 80 quilômetros a uma velocidade de 80 km/h com um Run Flat, ainda que esteja furado, graças a sua estrutura reforçada. Não custa atentar para o significado do termo que quer dizer “rodar plano”, ou seja, totalmente vazio.

Nos primeiros modelos, como eram realmente muito duros em função do reforço estrutural, havia desconforto ao dirigir, e numa malha asfáltica precária como a brasileira o risco de furo era grande.

Mas hoje as estruturas estão menos rígidas e mais flexíveis, o que já diminuiu consideravelmente os riscos de acidentes, aumentando o conforto ao dirigir.

Mito 5. Meu carro popular vai andar mais com pneus de alta performance?

Para quem imagina não ser possível fazer o carro rodar mais e melhor apenas trocando os pneus, deve mudar de ideia e esquecer desse mito.

Já foi comprovado em testes feitos pela Goodyear, uma das maiores fabricantes de pneus do mundo, que pneus de alta performance promovem sim, uma melhora geral. E não é apenas na performance em termos de aceleração e ganho de velocidade, como também na frenagem e na maior facilidade em conduzir o veículo.

Mito 6. A calibragem deve ser feita com a máxima pressão

Esse é um mito facilmente desconstruído, uma vez que para garantir a vida útil dos pneus, basta calibrar pelo menos uma vez por semana, e na pressão indicada pelo fabricante. Uma consulta ao manual do próprio carro também deverá tirar todas as dúvidas sobre a pressão correta ao calibrar os pneus.
6 mitos sobre pneus de carros explicados e desvendados 6 mitos sobre pneus de carros explicados e desvendados Reviewed by Via Certa Natal Trânsito on junho 07, 2017 Rating: 5

Sora Templates