Projeto Vida No Trânsito da SMS expõe ações educativas na CIENTEC


A Secretaria Municipal de Saúde de Natal, por meio do Núcleo das Doenças e Agravos Não Transmissíveis (DANTs)/Projeto Vida no Trânsito participa nos dias hoje (20) e amanhã (21), da XXII edição da Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura (CIENTEC) que tem como tema “Nós no Planeta”.

O Projeto Vida No Trânsito está expondo suas ações e de parceiros na Cientec no stand 32. Além disso a equipe está dando orientações sobre educação no trânsito, panfletagem, revistas e informativos, entre outra ações de prevenção de acidentes. O tema da CIENTEC acompanha a evolução das ações de campanha de educação de trânsito desta Secretaria Municipal de Saúde, acompanha as ações da “Década Mundial de Ações para a Segurança do Trânsito – 2011/2020”. 

A principal finalidade é conscientizar o cidadão de sua responsabilidade no trânsito, valorizando ações do cotidiano e visando a participação de todos para o alcance da segurança viária. A SMS integra o elenco de parceiros do evento ao lado da SEMOB, SME, CPRE, PRF, SESAP, DETRAN, ONGs e outros.

Segundo o chefe do Núcleo das Doenças e Agravos Não Trânsmissíveis (DANTs), o sujeito do trânsito deve ser tratado como alguém que tem o poder de decidir o seu destino e que é o responsável pelas próprias ações e sofrerá as consequências de suas escolhas. Assim, o tema “Década Mundial de Ações Para a Segurança do Trânsito – 2011/2020: Eu sou + 1 por um trânsito + seguro”, possibilita realizar ações focadas em todos os integrantes do trânsito (pedestres, ciclistas, motociclistas, passageiros e condutores).

“Nós no Planeta” abrange uma multiplicidade de sentidos e relações e desafia as diferentes áreas do saber a refletir sobre a realidade do planeta hoje e no futuro. Nós, nós e os outros, cada um de nós, e como lidar com os nós que atam e desatam as várias dimensões deste universo: a humanidade, a natureza, a cultura, a sociedade, a subjetividade e a coletividade. Qual a responsabilidade de cada um sobre as condições de vida digna no planeta e a necessidade de salvaguardar estas condições para gerações futuras?

A OMS estima que 1,9 milhão de pessoas devem morrer no trânsito em 2020 e 2,4 milhões, em 2030. Nesse período, entre 20 milhões e 50 milhões de pessoas sobreviverão aos acidentes a cada ano com traumatismos e ferimentos. A intenção da ONU com a “Década de Ação para a Segurança no Trânsito” é poupar, por meio de planos nacionais, regionais e mundial, cinco milhões de vidas até 2020.
Google +