Saiba qual é o momento certo para trocar as palhetas do limpador de para-brisa



Com a primavera e o verão se aproximando, o Brasil se prepara para enfrentar o período mais chuvoso do ano. Para dirigir com segurança nessa época, as palhetas do limpador de para-brisa são itens de segurança fundamentais, pois são elas que permitem ao condutor ter visibilidade mesmo durante as chuvas mais torrenciais.

Segundo a Bosch, fabricante de itens automotivos, o período em que as palhetas mais sofrem desgaste é na seca. Por conta da falta de chuvas e da alta incidência de raios ultravioleta presentes na atmosfera, a composição da borracha acaba sendo afetada e a vida útil do componente é abreviada. A exposição às constantes mudanças de temperatura do ambiente também colabora na deterioração das palhetas.

Hora da troca

Para evitar problemas, a recomendação da empresa alemã é substituir as palhetas ao menos uma vez no ano, ou ao notar formação de faixas e riscos no para-brisa, ruído ou trepidação ou qualquer falha na limpeza. Se o componente estiver com a lâmina de borracha quebradiça, torta ou rasgada, a troca também deve ser imediata.

Caso elas tenham sido substituídas recentemente e o motorista notar algum problema de visibilidade, a Bosch indica verificar a regulagem dos braços do limpador do para-brisa.

Atenção na lavagem

No momento de lavar o carro é importante tomar alguns cuidados com as palhetas. O ideal sempre é limpá-las somente com um pano umedecido em água. Querosene e qualquer outro produto químico que provoquem danos às borrachas, jamais devem ser utilizados.
Google +