Placa do Mercosul é adiada novamente no Brasil


O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) adiou novamente o início da implementação das novas placas unificadas do Mercosul no Brasil. O País já havia adiado para 1º de janeiro de 2017 o uso, enquanto Uruguai e Argentina já utilizam as novas identificações nos carros zero-km.

De acordo com o texto publicado no Diário Oficial da União da última quinta-feira (8), o governo vai adiar o uso até que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) consiga atestar que há uma integração entre os sistemas de consultas de placas do Brasil e dos países integrantes do Mercosul.

Só após esse processo começará a contar o prazo de um ano para o início de adoção da nova placa para os carros zero-km vendidos no Brasil ou usados que sejam transferidos. Segundo o texto, quando aprovado, antes que se complete o prazo de um ano, os Detrans podem começara emitir as placas com o aval do Denatran.
Google +