Código de Trânsito Brasileiro pode ter mais mudanças



Foram protocoladas pela deputada Christiane Yared (PR/PR) algumas propostas de mudanças que atualizam a Lei 9503/97, o Código de Trânsito Brasileiro. Entre elas está a diminuição no tempo para repetir exames médicos e a criação de um exame psicológico para renovação de CNH. “Em cinco anos muita coisa muda na vida de uma pessoa e o teste psicológico pode evitar que motoristas sem condições coloquem a sua vida e a de outros em risco”, justifica Yared que já apresentou, além destes, outros 11 projetos de lei que atualizam o CTB.

De acordo com a deputada, as propostas de mudanças foram protocoladas porque os acidentes representam hoje, um caso de saúde pública. Sete em cada 10 leitos do SUS são ocupados por acidentados.

“É preciso pensar que os acidentes afetam a vida não só da família mas da sociedade como um todo. Um trabalhador deixa de ser atendido num hospital público em caso de emergência, muitas vezes, porque um acidente ocorreu por imprudência. A impunidade estimula os infratores”, argumentou Yared que luta na justiça há sete anos para levar a júri popular o ex-deputado Carli Filho, acusado de ser o responsável pelo acidente que matou Gilmar Rafael Yared, filho da deputada.

Outro projeto apresentado por Christiane Yared institui a identificação obrigatória aos motoristas novatos e em casos de PPD (Permissão para Dirigir). “A identificação vai servir para que o motorista tenha consciência que ainda passa por aprendizagem. Com a identificação todos estão de olhos atentos e cuidando para que excessos não sejam cometidos”, frisou Yared.

O terceiro projeto apresentado é sobre a participação em mini-curso de trânsito para a conversão de multa média em advertência.

Os projetos seguem para as comissões temáticas onde serão discutidos e avaliados para serem encaminhados ao plenário.
Google +