Na garagem: proteja sua moto enquanto ela está guardada




A primeira medida indicada por mecânicos, é uma lavagem completa do veículo. Logo após, deve ser feita a lubrificação nas articulações, de forma detalhada, para não deixar nada enferrujar ou ressecar, evitando o comprometimento do bom funcionamento da moto. Certifique-se de adquirir um lubrificante adequado para cada peça do veículo, caso contrário, elas deverão ser trocadas muito antes da hora, ocasionando um gasto desnecessário.

A maior dor de cabeça dos descuidados, no entanto, é a bateria. O mais importante é lembrar-se de deixá-la sempre desligada enquanto a moto está em desuso. Para isso, seu cabo positivo deve estar desconectado.

Outra dica importante é drenar o tanque de combustível e a cuba do carburador nas motos carburadas. Para garantir de verdade que o veículo fique bem conservado enquanto está guardado, injete uma pequena quantidade de desengripante através do tubo de alimentação do combustível, mantendo as peças internas sempre lubrificadas.

Um último detalhe: na corrente da moto, muitos utilizam graxa preta ou branca para realizar a lubrificação, ou ainda um produto qualquer inapropriado para a peça, fazendo com que ali ocorra o acúmulo de poeira e a destruição dos retentores. Para que isso não aconteça, opte por um creme esfoliante, ele mantém o local lubrificado, sem que se torne foco de problemas.
Google +