Bom senso no prédio: como agir no estacionamento do condomínio



Vagas apertadas ou prejudicadas por colunas podem causar "acidentes" com o seu carro e pequenos desentendimentos com vizinhos. Quem já ficou presa na garagem do condomínio, ou ouviu alguma amiga reclamar da falta de espaço para sair com as compras, sabe que morar em prédio exige doses de bom senso e muita paciência.

Por isso, hoje separamos algumas dicas especiais (e superfáceis) para driblar esse probleminha e evitar possíveis estresses ao chegar ou sair de casa.

Tenho vizinho espaçoso, e agora?


Sua vaga é apertada e o vizinho ainda esquece de seguir as demarcações ao estacionar? Deixe um papelzinho no carro com um recado educado e peça mais atenção. Alertar o colega resolve a maioria dos casos e evita discussões.

Vagas livres

Se o seu condomínio possui vagas indeterminadas, opte pela vaga do tamanho certo para o veículo antes de estacionar. Se tem um carro menor, pense que outros moradores que possuem automóveis grandes ou mais largos precisam de mais espaço e locais mais práticos de parar e manobrar.

Pode parar rapidinho perto do elevador?

Se você chegou carregada do supermercado e o carrinho comunitário do prédio está sendo usado, a dica é perguntar ao zelador se pode estacionar rapidamente no local. Caso seja vaga de outro morador, evite usar sem antes perguntar a ele, certo? Interfonar e avisar demonstra cordialidade e respeito.

Estacionamento com vaga dupla

Se no sorteio de vagas ou na compra do apartamento você se tornou dona de uma vaga dupla - ou seja, aquelas em que se estaciona um veículo na frente e outro atrás - o primeiro ponto é conhecer o vizinho que irá compartilhar o espaço com você e acertar com ele alguns detalhes: combinem onde deixar a chave para manobrar, informe-se dos horários mais comuns de entrada e saída e passe seu telefone ou e-mail para ficarem em contato. Com certeza assim vocês resolverão qualquer questão em harmonia.
Google +