08 de agosto: Dia Internacional do Pedestre

Por Mariana Czerwonka.

Dia 08 de agosto é comemorado internacionalmente o Dia do Pedestre. É uma data que deve ser lembrada principalmente pelo viés do cuidado que motoristas, motociclistas e ciclistas devem ter com quem está a pé e que divide o espaço nas ruas.

De janeiro a dezembro de 2015, os pedestres ficaram em 2º lugar nas indenizações por morte relativas ao DPVAT, de acordo com a Seguradora Líder. Já nos acidentes com Invalidez Permanente, os passageiros e pedestres apresentaram a mesma participação nas indenizações (18%).
05 dicas de travessia para os pedestres:

1) Segurança na travessia: Atravesse as ruas olhando para ambos os lados, respeite os sinais de trânsito e faixas para pedestres.

2) Comunicação com os motoristas: Antes de atravessar na frente dos veículos, faça contato visual com os motoristas para ter certeza de que eles te viram.

3) Travessia na faixa: Utilize a faixa de pedestres sempre que disponível. Quando não houver, procure outros locais seguros para atravessar, seja na esquina, em passarelas ou próximo a lombadas eletrônicas.

4) Pontos cegos: Não atravesse a rua por trás de carros, ônibus, árvores ou postes, pois a probabilidade de você não ser visto é grande.

5) Na contramão: Em estradas ou vias sem calçadas, caminhe de frente para o tráfego (no sentido contrário aos veículos).
05 dicas para motoristas evitarem atropelamentos:

1) Não induza o pedestre a atravessar mais rápido: Se caso o pedestre já tiver iniciado a travessia e, durante esse tempo o semáforo mudar, o pedestre tem a prioridade para concluir a travessia.

2) Dê a preferência: seja gentil e facilite a travessia. Quando houver faixa sem sinal luminoso, a preferência é do pedestre.

3) Atenção: Um atropelamento é sempre uma tragédia. Por isso, na proximidade de pedestres, reduza a velocidade e redobre a atenção.

4) Faixa de pedestres: Como o próprio nome já diz, a faixa é para a travessia dos pedestres. Não pare na faixa.

5) Buzina: Evite buzinar o tempo todo para pedestres. Isso só causa stress e sustos desnecessários, o que pode comprometer a segurança.
Google +