App Watch My Car promete identificar criminosos em caso de roubo veicular


Um aplicativo para smartphones pretende criar uma nova ferramenta de segurança para os veículos brasileiros. Nascido como trabalho de conclusão de curso (TCC) de alguns alunos de Ciências da Computação da Universidade São Judas Tadeu, de São Paulo, o Watch My Car quer ir além dos alarmes convencionais. A ideia não é criar uma ferramenta de bloqueio, mas sim de identificação e rastreio, que permitirá ao proprietário tirar fotos do condutor caso haja alguma suspeita de furto ou roubo.

“Tudo surgiu quando eu precisava pensar em meu TCC e furtaram o carro do meu pai. Então surgiu a ideia. No mercado não temos um dispositivo que ajude na identificação do criminoso, mas que somente faz o bloqueio do veículo. Nosso diferencial é justamente este, identificar o condutor suspeito”, explica Maicon Gouveia, um dos idealizadores do projeto.

O Watch My Car identifica os condutores por meio de uma câmera instalada no painel do automóvel. Sensores infravermelhos também fazem parte do conjunto. Com ele, proprietário consegue monitorar as atividades pelo aplicativo no celular – em um primeiro momento deverá ser disponibilizado apenas para a plataforma Android; quem tiver smartphones que rodem iOS ou Windows Phone, poderá acessar as informações pelo navegador web, seja Safari, Google Chrome, Internet Explorer ou qualquer outro.

Segundo Gouveia, para manter o rastreador sempre ativo, ele funcionará de maneira independente no carro, tendo uma bateria própria e sem ligação com a convencional dos veículos. Por enquanto, o app está em fase de desenvolvimento, por isso, ainda não há previsão de lançamento oficial e preços. “Pretendo lançar um protótipo funcional no segundo semestre de 2016. Mas ainda estamos procurando parcerias.”

Privacidade

O fato de ter uma câmera instalada no interior do veículo pode desagradar alguns proprietários mais preocupados com privacidade. Para Gouveia, no entanto, isso não deve ser um problema. “Tudo será criptografado e somente o proprietário terá acesso às informações, por meio de seu login. As imagens capturadas ficarão por um tempo determinado nos servidores, sendo apagadas depois”, finaliza.
Google +